Devocional 63| Da piedade para com os pais e a pátria (Segundo São Tomás de Aquino)

by - janeiro 25, 2021


Devocional 63 Da piedade para com os pais e a pátria (Segundo São Tomás de Aquino)
Retrato de um Dama (em detalhe) por Rogier van der Weyden, 1460


Textos anteriores Devocional aqui



Dentre as virtudes agregadas à virtude da justiça a mais importante depois da virtude da religião é a virtude da piedade. 

A virtude da piedade é a que tem por objeto honrar e venerar aos pais e a pátria pelo grande benefício de nos terem dado a vida, conjuntamente com tudo o mais que a conserva e completa. 

Estes deveres são especialmente sagrados e obrigatórios. Depois dos deveres para com Deus, não existe outros mais sagrados. 

A piedade para com os pais impõem as seguintes obrigações: respeitá-los, obedecer-lhes enquanto se vive debaixo de sua autoridade e socorrê-los em necessidades. 

Já a piedade para com a pátria impõem a obrigação de reverenciar àqueles que personificam e representam, obedecer às suas leis e sacrificar, se necessário, a vida por ela na guerra justa. 

Vale, caro leitor, fazer uma breve citação da piedade filial demonstrada nos contos de fadas, hoje tão desajustados de seu real objetivo educacionais por questões ideológicas. Por exemplo: a Bela (de a Bela e a Fera), aceitou ficar no lugar do pai, ainda que este, dependendo a história abordada, não seja assim tão bom moralmente. Ela não foi sequestrada, ela escolheu ficar no lugar do pai por piedade filial. O mesmo fez Mulan, ela foi para a guerra, não para fazer afronta aos homens e tomar o lugar deles, ela foi por devoção filial.

A devoção filial é retratada em contos de fadas para mostrar aos pequenos que existe uma regra no mundo, existe um coisa que devemos nos lembrar, mesmo que trilhemos caminhos diferentes dos nossos pais, nós devemos honrar a nossa linhagem que, muitas vezes apesar de seus erros e desvios, são pessoas que disseram um sim a vida e possibilitaram que numa linha que se perde na história do mundo, nós possamos estar aqui, nós somos resultado do sim dos nossos pais, dos nossos avós, dos nossos bisavós, nos nosso tataravós e assim sucessivamente até o primeiro de nossa linhagem. A devoção filial nos faz honrar a Vida expressa no sim a vida de nossos antepassados, perdidos no curso da história mas presentes no Plano Perfeito do Senhor, para que hoje eu pudesse estar aqui a escrever e você aí a ler. 

Sempre me lembro da família do Senhor... 

Vemos mulheres com marcas de atos reprováveis: Tamar, coabitou com o seu próprio sogro Judá e gerou dele dois filhos gêmeos Farés e Zara; Raabe era prostituta em Jericó; Rute era moabita e Bate-Seba, mãe de Salomão, adulterou com Davi. Talvez muitos não citariam pessoas assim de sua família, mas os evangelistas mantiveram-nas para mostrar o poder da Redenção e da Misericórdia. 

Também vemos homens em cuja vida foi marcada pela mentira. Os patriarcas mencionados, Abraão, Isaac e Jacó tiveram momentos de fraqueza na área da mentira. Eles não só se omitiram, mas esconderam a verdade e inverteram os fatos com medo de sofrerem com as consequências de seus atos. Esses atos não foram apagados de suas vidas pois o Senhor é poderoso para usar os instrumentos mais fracos e inúteis, pois isso, inclusive, serve para mostrar o Seu Poder e Misericórdia.


Além disso vemos homens em cuja vida há marcas de violência. Davi, tinha as mãos cheias de sangue. Roboão governou Judá com truculência. O rei Acaz queimou seus filhos, perseguiu seu próprio povo e cerrou ao meio o profeta Isaías. Manassés foi muito violento, ele encheu Jerusalém de sangue. Poucos listariam entre seus parentes pessoas que cometeram crimes, não é mesmo? Mas desta linhagem marcada com sangue, saiu aquele que deu todo o Seu Sangue por nós e que incitou a sermos violentos para entrarmos no Céu. Aprendemos com o Senhor a tornar as marcas que "herdamos" em redenção e purificação para nós e para os outros. 


Outros ainda eram idolatras, ou seja, colocaram as coisas do mundo ou a si mesmos no lugar de Deus. Salomão, por causa de suas muitas mulheres, sucumbiu à idolatria. Roboão, fez um bezerro de ouro e construiu novos templos em Israel para desviar o povo de Deus. Acaz fechou a casa de Deus e encheu Jerusalém de ídolos abomináveis. Manassés foi astrólogo, idólatra e feiticeiro, levantou altares pagãos. Vemos assim exemplos de rebeldia na família do Senhor Jesus, pessoas desobedientes. Mas Ele veio como o Grande Obediente. Agora é a nossa chance de sermos sinais de obediência ao Pai Celestial em nossas famílias. 


Acredito que você tenha entendido a extensão do que desejo lhe dizer. Você pode ser descendente de pessoas ilustres, boas e até santas; mas pode, assim como eu, ter uma linhagem problemática. Talvez exista assassinos, ladrões, corruptos, rebeldes, mentirosos, violentos, viciados em sua família, talvez isso seja uma realidade bem próxima... talvez você tenha medo de replicar isso, talvez já tenha replicado. Mas a virtude da devoção filial nos faz viver melhor a verdade da redenção extensa e profunda, integral como diz o Papa Emérito Bento XVI. Ele também tinha uma linhagem problemática... você já parou para pensar que em Belém a maioria eram da família de Davi? Boa parte da cidade era parente de São José, parentes próximos irmãos de sangue, primos... ninguém o recebeu, ninguém recebeu o primogênito da linhagem de Davi e o Seu Menino, que seria o Rei dos Reis.

Talvez essa seja a grande virtude desse tempo, uma virtude que incorpora tudo que muitos desejam que já não exista mais.

A devoção filial se desdobra na devoção a pátria, a terra em que nascemos. Cada país tem uma vocação, que é demonstrada pelos seus traços históricos, cada país tem um papel no Plano Perfeito do Senhor, então se você nasceu brasileiro tenha certeza que Deus quis, para o nosso bem, que nascêssemos aqui, este país é nossa casa no mundo, a história deste país é também a nossa história, devemos lembrarmo-nos daqueles que por ela lutaram com fé e verdade, nós temos uma responsabilidade radical de enobrecendo e convertendo a nossa vida fazer a nossa parcela no enobrecimento e conversão deste país. Nós nascemos para sermos santos e se nascemos aqui, nascemos para sermos santos brasileiros, para que através da nossa jornada ao Eterno aconteça os passos da santificação de uma nação. Para isso é importante não perdemos de vista a história verdadeira do nosso povo, a vocação católica deste país que é a terra da Vera Cruz. 



Baseado no Catecismo da Suma Teológica de São Tomás de Aquino



ORAÇÃO À SANTA TERESINHA PARA
ALCANÇAR A PAZ NA FAMÍLIA


Ó Santa Teresinha, anjo tutelar da família cristã, vós que fostes o raio de sol e o sorriso de vossa família, dignai-vos acolher debaixo de vossa proteção, a minha família que ardentemente recomendo à vossa Bondade. Que a paz, o sossego da família alegre também a minha com a reprodução de todo o bem e de todas as virtudes de que a vossa foi verdadeiro santuário. Que o nome de Deus seja adorado e bendito em minha casa; que a sua santa lei e os preceitos de sua Igreja sejam perfeitamente observados por todos e por cada um. Afastai de minha casa o pecado e o espírito de vaidade e de dissipação do mundo. Longe de minha casa seja a irreverência, a desconfiança, o ciúme, a inveja, o ódio, as desgraças, os males todos; só reine sobre nós a abundância do amor, da caridade, mútua compaixão e do bem. Ó milagrosa Santinha, delícia dos vossos pais, santo orgulho de toda a vossa família, pelo amor terníssimo que tivestes aos autores dos vossos dias e a todos os vossos queridos, abençoai a minha família; que o bom exemplo e a virtude desçam do céu sobre aqueles que são obrigados a obedecer, a fim de que se transformem em obediência e respeito para com aqueles que tem a responsabilidade do lar. Que na vossa proteção e na vossa devoção seja esta família uma no amor, no pensamento e na ação, para ser uma na felicidade da terra e na bem-aventurança eterna do céu. Assim seja!.



Consagração do Brasil e oração do voto nacional


Vimos a Vós, ó Coração Sagrado de Jesus, depois de nossa fraquezas e infidelidades; abri-nos os tesouros de Vossa Misericórdia infinita. O Sangue que correu de Vossas Chagas resgatou o mundo; permita que uma gota desse Sangue Divino, por seu poder expiatório, resgate  ainda uma vez este Brasil a que tantas provas de amor tendes dado, e que venha ele a reconhecer seus grandes erros, contando em cada um do seus filhos um verdadeiro cristão.

Esquecei nossas ingratidões, para lembrar-vos unicamente que Vossa Cruz foi o primeiro sinal de civilização e de possa plantado em nossa Pátria. 

Coração adorável de nosso Deus, em nome da nação brasileira Vos imploramos: concedei-lhe Vosso amor, Vossa benção e dignai-vos salvá-la. Amém. 




















You May Also Like

0 comments

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.