Primado de São Pedro por Santo Agostinho de Hipona (354-430 d.C)

by - setembro 02, 2020


Primado de São Pedro por Santo Agostinho de Hipona




Assim já atestava a Igreja Primitiva a respeito do Primado de Pedro:



Distingamos, vendo-nos a nós próprios neste membro da Igreja, o que é de Deus e o que é nosso. Pois então não vacilaremos, então estaremos fundados sobre a Pedra, então estaremos fixos e firmes contra os ventos, e tormentas, e correntes, as tentações, quero dizer, deste mundo presente. No entanto vede este Pedro, que era então nossa figura; ora confia, ora vacila; ora confessa o Imortal, ora teme que Ele morra. Porquê? Porque a Igreja de Cristo tem tanto fracos como fortes ... Quando Pedro disse "Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo" representa os fortes; mas quando vacila, e não admite que Cristo possa sofrer, ao temer a morte d`Ele, e não reconhece a vida, ele representa os fracos da Igreja. Naquele único Apóstolo então, ou seja, Pedro, na ordem dos Apóstolos primeiro e principal, em quem a Igreja estava figurada, ambos os tipos estavam representados, ou seja, tanto os fortes como os fracos; porque a Igreja não existe sem ambos. (Sermão 26.) (Cita del Dr. Saraví: Sermón 26)



“Cristo, como vês, edificou a sua Igreja não sobre um homem mas sobre a confissão de Pedro. Qual é a confissão de Pedro? "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Aqui está a pedra para ti, aqui está o fundamento, aqui é onde a Igreja foi edificada, a qual as portas do inframundo não podem conquistar.”(Sermão 229P.1) (Cita del Dr. Saraví: Sermón 229P.1)




“Não vamos ouvir aqueles que negam que a Igreja de Deus é capaz de perdoar todos os pecados. Eles estão errados, porque eles não reconhecem em Pedro a Rocha e eles se recusam a acreditar que as chaves do céu, a partir de suas próprias mãos, foram entregues à Igreja.” (Agustín de Hipona, Christian Combat, 31:33(A.D. 397), in JUR,3:51)



“Quando assim ele disse aos seus discípulos: “Você também me deixaram”, Pedro, a rocha, respondeu por todos: “Senhor, a quem iremos nós, só tu tens palavras de vida eterna” (Agustín de Hipona, Homilies on John, Tract 11:5(A.D. 417), in NPNF1,VII:76)




“Pedro, que havia confessado a ele como o filho de Deus, e que nessa confissão foi chamado de rocha sobre a qual a igreja devia a ser construída” (Agustín de Hipona, In Psalms, 69:4[PL 36, 869] (A.D. 418 ), in Butler, 251)



“... Mas essa rocha, o próprio Pedro, a grande montanha...” (Agustín de Hipona, In Psalms, 104[103]:16(A.D. 418 ),in NPNF1,VIII:513)




“... O primeiro e principal, na ordem dos Apóstolos, no qual a Igreja foi representada.” (Agustín de Hipona, Serm 76,3)




“Tal que a Igreja atua em bendita esperança para esta vida conturbada, e esta Igreja... foi personificada no Apóstolo Pedro, que tomou conta da primazia entre os apóstolos” (Agustín de Hipona, On the Gospel of John, Tract 124:5 (A.D. 416), in NPNF1, VII:450)



“São Pedro, o primeiro dos apóstolos, que amou ardentemente a Cristo, e que chegou a ouvir dEle as palavras: ‘por isso eu digo: Tu és Pedro’. Pois ele havia dito antes: ‘Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo’. E Cristo respondeu: ‘Por isso eu digo: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja.’ Sobre esta pedra edificarei a esta mesma fé que professa. Sobre esta declaração você fez: ‘Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo, edificarei a minha Igreja. Porque tu és Pedro’. ‘Pedro’ é uma palavra derivada de ‘pedra’, e não vice-versa. ‘Pedro’ vem de ‘pedra’, assim como ‘cristão’ vem de ‘Cristo’. O Senhor Jesus, antes de sua paixão, como você sabe, escolheu os seus discípulos, a quem deu o nome de apóstolos. Entre eles, Pedro foi o único que representava toda a Igreja em quase toda parte. Portanto, assim como ele representou em sua pessoa para toda a Igreja, pode escutar estas palavras: ‘Eu te darei as chaves do reino dos céus’. Porque estas chaves foram recebidas não para apenas um homem, mas toda a Igreja. Daí a excelência da pessoa de Pedro, como ele representava a universalidade e unidade da Igreja, quando ele disse: "vos dou", tratando se de algo que foi dado a todos. Bem, para que saibais que a Igreja recebeu as chaves do reino dos céus, ouvi o que o Senhor disse em outro lugar a todos os seus apóstolos: ‘Recebei o Espírito Santo’. E então: a quem perdoardes os pecados serão perdoados, que os retiverdes lhes são retidos. Nesse sentido, o Senhor, depois de sua ressurreição, confiou a Pedro suas ovelhas para apascenta-las. Não que ele era o único dos discípulos que tinham o encargo de apascentar o rebanho do Senhor, é que Cristo, em virtude de se referir a um, significava a unidade da Igreja, e, se direcionado a Pedro em detrimento de outros, é porque Pedro é o primeiro entre os apóstolos. Não fique triste,apóstolo, responde uma vez, responde duas, responde três. Fez por três vezes a sua profissão de amor, já que três vezes o medo venceu a sua presunção. Três vezes deve ser desligado o que três vezes você tinha ligado. Desligado através do amor o que você tinha ligado através do medo. Apesar da sua fraqueza, pela primeira, segunda, e terceiro vez, o Senhor confiou suas ovelhas a Pedro” (Agustín de Hipona. Serm. 295; PL 38,1348-1352)




“Não se pode crer que você guarda a fé católica, se não ensina que se deve guardar a fé romana”. (Agustín de Hipona, Serm.120 n.13)




“...cum se videret et Romanae Ecclesiae, in qua semper apostolicae cathedrae viguit principatus..”


"...ele [Ceciliano] viu-se com a Igreja Romana, na qual sempre floreceu a primazia da cátedra apostólica..." ( Augustine, Ep 43,3,7)

You May Also Like

0 comentários

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.