Sendo Católico: O que você não sabe sobre os 10 Mandamentos

by - agosto 17, 2019

Sendo Católico: Os 10 Mandamentos

A Fé sem obras é morta (Tg 2, 20)

Tempo de Leitura: 2 minutos

"Uma certa memorização das palavras de Jesus, de passagens bíblicas importantes, dos dez mandamentos, das fórmulas de profissão de fé, dos textos litúrgicos e das orações essenciais e de noções chaves da doutrina..., longe de ser contrária à dignidade dos jovens cristãos, ou de constituir para eles um obstáculo para o diálogo pessoal com o Senhor, é uma verdadeira necessidade... É preciso ser realista. As flores da fé e da piedade cristã, se assim se pode dizer, não crescem nos espaços ermos de uma catequese sem memória. O essencial é que os textos memorizados sejam ao mesmo tempo interiorizados, compreendidos pouco a pouco na sua profundidade, a fim de se tornarem fonte de vida cristã pessoal e comunitária" (Catechesi Tradendae, ponto 55, de São João Paulo II, 1979)


Catequese Essencial I: aqui


Catequese Essencial II: aqui


Catequese Essencial III: aqui


Catequese Essencial IV: aqui


Catequese Essencial V: aqui



Catequese Essencial VI: aqui



Catequese Essencial VII: aqui



Catequese Essencial VIII: aqui



Que exige a observância dos mandamentos?


A observância dos mandamentos exige duas coisas:

- uma positiva: fazer o que os mandamentos mandam;
- uma negativa: não fazer o que os mandamentos proíbem

Nós recebemos setas de Deus que nos levam ao cumprimento da Sua Santa Vontade. 

Hoje, muitos se perguntam "qual a Vontade de Deus?", no entanto, Deus já expressou a Sua Vontade nos 10 Mandamentos, através desse direcionamento claro e eficaz podemos vislumbrar, depois, as setas pessoais da Vontade Divina.

Também devemos notar que, como disse o próprio Senhor, "quem me ama obedece os Meus Mandamentos", cumprir os 10 mandamentos é expressão de amor, muitos podem dizer "eu te amo" mas poucos agem como quem ama. O cristianismo é concretude, assim nos ensina o Senhor, se quem não vive os mandamentos não O ama, mesmo que diga da boca para fora, mesmo que cante numa música, mesmo que tenha adesivos no carro e seja líder de grupos na igreja, nada disso tem importância se não obedece os mandamentos.

Quem não obedece aos mandamentos e diz que ama a Deus, é um farsante, um hipócrita, um duas caras. E não sou eu quem digo é o apóstolo São João: "Aquele que diz "Eu o conheço" e não segue os mandamentos, é mentiroso e a verdade de Deus não está nele" (I Jo 2, 4)

O descumprimento dos 10 Mandamentos é sempre pecado mortal, no entanto, podem haver desagravantes ou agravantes que são analisados pelo sacerdote, se este for bom.


MANDAMENTO
ORDENA
PROÍBE
Iº Amar a Deus sobre todas as coisas. (Ex 20, 2-5)
-atos de culto: adoração a Deus, oração;

-o estudo da Doutrina Católica (Bíblia e Catecismo);

-ato e profissão de fé.
- a infidelidade; a apostasia, a heresia;

- a ignorância culpável da Doutrina Católica (não estudar a própria fé);

- a superstição (macumba, umbanda, espiritismo e correntes, fetichismo, adivinhações, magia, astrologia, etc)

- a irreligião (tentação a Deus, sacrilégio, simonia - compra e venda ilícita de coisas espirituais, como um pedaço do Céu, ou de coisas ligadas a espiritualidade, relíquias, hóstias, etc).
IIº Não tomar seu Santo nome em vão (Ex 20, 7)
- o respeito ao nome de Deus, de Nossa Senhora e dos Santos;

- o cumprimento dos votos, das promessas e dos juramentos.
- a blasfêmia;

- a invocação do nome de Deus, de Nossa Senhora e dos Santos em vão;

- o juramento falso e o juramento sem necessidade;

-a violação dos votos e das promessas.

Sim, é o que está escrito, não pode falar a toda hora o nome de Deus, à toa; nem de Nossa Senhora e dos Santos, também não pode transformar o nome em piada como fazem os mundanos com o nome de Nossa Senhora, colocando títulos ridículos ao nome da Mãe do Senhor. 

Se fez um voto e um promessa e não cumpriu tem que ir até o padre e confessar-se.
IIIº Guardar domingos e festas (Ex 20, 8)
- louvor a Deus com obras de culto nos dias de festa (Santa Missa; instrução religiosa; visita aos doentes e outras obras boas);
- descanso físico e mental

Só é lícito faltar a Santa Missa quando se está doente ou cuidando de um doente; ou quando não há Missa no local. 

Sim, é obrigação ir a Santa Missa no domingo. 


- atividades que impeçam o culto a Deus e o devido descanso.

- obter lucro por venda ou compra de mercadoria que poderia ser comprado em outro dia, como fazer as compras no Domingo, por exemplo, ou trabalhar visando lucro.

Aqui não estão inclusos as pessoas que precisando do trabalho tem escala no domingo, devem no entanto cumprir o preceito e ir a Santa Missa.

Não não está incluso a compra de remédios em caso de doença ou uma refeição em caso de fome. 
IVº Honrar pai e mãe (Ex 20, 12)
-amor, respeito e obediência aos legítimos superiores, na família, na Igreja, na sociedade;

- cuidado dos superiores para com os súditos.

O obediência deve ser honesta, ou seja, caso a orientação do superior seja oposta aos 10 Mandamentos da Lei de Deus, aos Mandamentos da Igreja e suas orientações não deve ser obedecido. 

Por exemplo se um pai diz "nega Jesus" o filho não pode obedecer, pois isso é desobedecer o primeiro Mandamento da Lei de Deus. Isso vale pra tudo na vida.  
-a desobediência,

- a aversão e o ódio;

- a maldição e o tratamento rude.

Tanto do inferior para o superior como do superior para o inferior.
Vº Não matar (Ex 20,13)
- o cuidado, em nós e em nosso próximo, do dom da vida, tanto no seu aspecto físico como moral.
- o suicídio;

- o homicídio;

- o duelo;

- a mutilação,

- o aborto (punido com excomunhão, cf. CDC 1398);

- o escândalo.
VIº e IXº Não pecar contra a castidade e não desejar a mulher do próximo (Ex 20, 14-17)
-para quem não é casado: abstenção sexual completa;

-para quem é casado:
a) recíproca fidelidade, que exclui o adultério e o divórcio;
b) a aceitação dos filhos como “o dom mais excelente do matrimônio” (GS 50);
c) limitação da prole, só por motivos razoáveis (guerra, peste, doença grave), de comum acordo e com método natural (sem sexo no período fértil)
-qualquer ato voluntário do sexo fora do matrimônio (masturbação, fornicação, adultério, homossexualidade, bestialidades - sexo com animais...)

- o uso sexual no matrimônio fora das leis naturais (sodomia - coito anal-, onanismo - , uso de meios mecânicos de contracepção - pílulas, DIU e etc.);

-conversas impuras (cf. Ef 5, 3-4)

-olhares, toques, leituras, divertimentos, músicas, amizades... tudo que possa representar excitamento da sexualidade, se procurado, aceito ou alimentado deliberadamente;

- oferecer ocasião aos outros de pecar contra a castidade (pecado contra o 5º e o 6º mandamentos);

- pensamentos e desejos voluntários contra a castidade (cf. Mt 5, 28).

VIIº e Xº Não furtar e não cobiçar as coisas alheias (Ex 20, 15-17)
- amar o próximo também nos seus bens materiais, não roubando nem cobiçando

-restituir os bens furtados e compensar o próximo pelos prejuízos causados.
- o roubo, a fraude, a injustiça, danificação, a violação dos contratos, a injusta retenção, a usura, a falta de pagamento de salários justos, o desejo injusto das coisas alheias,

-falta e atrasos ao trabalho nas horas estabelecidas.
VIIIº Não levantar falso testemunho (Ex 20, 16)
- dizer oportunamente a verdade, isto é, falar e proceder de acordo em o que se pensa no íntimo, (cf. Mt 5, 37; Tg 5, 12);

- a pratica da correção fraterna,

- a denuncia, quando a correção fraterna não basta,

- interpretar no bom sentido as ações do próximo.
- a mentira; o falso testemunho; a calunia; a detração (ou murmuração); a dúvida, a suspeita, o juízo temerário, o respeito humano, o sacrilégio na confissão; a adulação; a bajulação; a ostentação, a hipocrisia.





You May Also Like

0 comentários

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.