Sendo católico: Quem é Deus?

by - maio 16, 2019


Sendo católico: Quem é Deus?

"Uma certa memorização das palavras de Jesus, de passagens bíblicas importantes, dos dez mandamentos, das fórmulas de profissão de fé, dos textos litúrgicos e das orações essenciais e de noções chaves da doutrina..., longe de ser contrária à dignidade dos jovens cristãos, ou de constituir para eles um obstáculo para o diálogo pessoal com o Senhor, é uma verdadeira necessidade... É preciso ser realista. As flores da fé e da piedade cristã, se assim se pode dizer, não crescem nos espaços ermos de uma catequese sem memória. O essencial é que os textos memorizados sejam ao mesmo tempo interiorizados, compreendidos pouco a pouco na sua profundidade, a fim de se tornarem fonte de vida cristã pessoal e comunitária" (Catechesi Tradendae, ponto 55, de São João Paulo II, 1979)

Catequese Essencial 1: Doutrina da Igreja Católica 

I- Quem é Deus?

Deus é puro Espírito, Eterno, Criador das coisas visíveis (este mundo) e das coisas invisíveis (os anjos a alma de cada homem) (Gn 1-2). Em Deus há, numa só natureza, três Pessoas realmente distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

"Não há evangelização verdadeira enquanto não se anunciar o nome, a vida, as promessas, o Reino, o mistério de Jesus de Nazaré, Filho de Deus" (Evangelii Nuntiandi, Exortação Apostólica de Paulo VI, 08-12-1975). São João Paulo II, em seu discurso inaugural da conferência de Puebla (24-01-1979), recomendou vivamente aos Bispos da América Latina "uma cuidadosa e zelosa transmissão da verdade sobre Jesus Cristo". Mas a verdade sobre Jesus Cristo (que é Segundo o Mistério da nossa Fé) supõe a verdade sobre Deus, Uno e Trino (Primeiro Mistério da nossa Fé).

Primeiro Mistério de Fé: Deus é Uno e Trino.


II- A Existência de Deus


É verdade de razão e de fé: 

- de razão pois a nossa mente está em condições de afirmar e comprovar que Deus existe. A provas racionais da existência de Deus são principalmente três: a) a ordem universal (todas coisas no universo funcionam perfeitamente e ordenadamente) ; b) a voz da consciência; c) o consenso dos povos (todos os povos, das grandes civilizações às pequenas tribos, chegaram a conclusão de que existe Alguém acima deles).
- de , é por isso mistério. Tal verdade se refere aos mistério da Trindade que nos é revelada por Nosso Senhor Jesus Cristo em Mt 3, 13-17; Jo 1, 1-14.

É verdade consoladora:

- as verdades mais consoladores reveladas no Novo Testamento a respeito de Deus são: Deus é Pai (Mt 6,9; Mt 11, 25-27); Deus é Amor (I Jo 4, 8-16; Jo 3, 16)

"Ó Eterna Verdade e Verdadeira Caridade e Cara Eternidade: Tu és o meu Deus, por ti suspiro dia e noite... Tarde te amei, ó Beleza tão antiga e tão nova, tarde te amei!" (Santo Agostinho)

Viva a Cristo Rei!

Referência: Catecismo Essencial, 1987




You May Also Like

1 comentários

  1. Olá, Ana! Pretendo assinar o Educa-te no fim deste mês. Quero agradecer pelo material gratuito (texto e videos), que foi importantíssimo para aumentar meu conhecimento e minha fé. Se um dia vier participar de algum evento no Rio, gostaria muito de comparecer e conhecê-la. Deus te abençoe e Salve Maria!!

    ResponderExcluir

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.