Devocional 9: A tentação e a queda dos Anjos

by - novembro 11, 2019




"Os anjos foram criados em estado de graça, que significa que com sua natureza receberam a graça santificante que os tornou filhos adotivos de Deus. 

Sua glória decorreu da execução de um ato livre que foi submeter-se a ação da graça que os inclina a submeter-se a Deus por inteiro, isso ocorreu em um só instante.

Nem todos permaneceram fiéis, alguns por orgulho quiseram ser como Deus e gozar a felicidade independentes da Vontade Divina. Deus então, justamente, os precipitou no Inferno, assim os anjos rebeldes e os condenados ao Inferno chamam-se demônios"

Catecismo da Suma Teológica de Santo Tomás


A inveja é filha e escrava do orgulho. Por esses dois vícios, orgulho e inveja, o demônio é o que é.
O demônio é como um cão preso na coleira, Cristo o prendeu; só morde quem dele se aproxima.

O demônio não influência nem seduz ninguém se não encontra terreno propício. Quando o homem ambiciona uma coisa; sua concupiscência legítima as sugestões do demônio. Quando um homem teme algo, o medo abre uma brecha em sua alma pela qual se infiltram suas insinuações. Por essas duas portas, a concupiscência e o medo, o demônio se apodera do homem.

O demônio não pode fazer mais do que lhe é permitido por Deus.

Santo Agostinho





You May Also Like

0 comentários

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.