A CASTIDADE É INTEGRIDADE

by - abril 30, 2018




Se existe uma coisa que odeio é quando caiu em duplicidade. Quando eu digo uma coisa e faço outra, não estou agindo como uma pessoa de confiança, como alguém que é apaixonada por suas crenças.

Vários anos atrás, eu não prestaria muita atenção ao que coloco nas mídias sociais. Mas depois de um tempo, percebi que algumas das minhas atividades on-line não refletiam meu desejo de crescer em castidade e puro amor. Uma piada interna, ou algo inapropriado que parecia engraçado na época, brilhava na frente das minhas centenas de “Friends” nas redes sociais. Eventualmente, comecei a perceber que a forma como eu me descrevia para essas centenas de pessoas precisava coincidir com meus desejos de castidade. Então, comecei a limpar meu perfil on-line e fiquei mais atenta ao que coloco na internet. Eu queria que meu status, citações e fotografias estivessem de acordo com as minhas crenças e com a realidade. Que fossem a verdade. 

Assim, eu comecei minha caminhada rumo a ser uma mulher mais integra. Integridade vem da palavra latina, integra,significa inteireza. É a raiz da radicalidade cristã. Para crescer em castidade, eu precisava estar inteira. Eu tive que direcionar todo o meu ser para o objetivo da integridade, para que todas as minhas ações me ajudassem a continuar em direção a uma maior pureza. Mas ainda não sou uma obra acabada, não sou ainda inteira, mas andei um percurso razoável, mas ainda estou tentando me tornar uma mulher mais íntegra a cada dia, anos depois de ter começado esta missão. 

Deixar hábitos, práticas e comportamentos que não se alinham com a castidade pode ser muito difícil e super incomodo às vezes. Por exemplo, você começa a ler uma série de livros ou série e estava realmente gostando. Mas, à medida que os livros prosseguiam, as referências sexuais gratuitas e grosseiras tornaram-se cada vez mais frequentes, e você se irrita. Mas ficará tentado a continuar, certo? - Pode apostar!, você me responde. A integridade está em perceber que encher a mente com imagens e cenas impuras não é uma boa maneira de crescer em pureza.

É muito mais fácil deixar a virtude da castidade em nossos corações, como uma boa idéia que nos apegamos. Uma coisa que não é de fato para ser vivida, mas para ser pensada, falada, postada nas mídias, cantada numa música de retiro carregada na bateria. Mas isso não nos satisfará. Iremos acreditar em uma coisa e fazer outra. Nossas ações irão contradizer nossas palavras. Nós vamos cair em duplicidade e isso nos destruirá por dentro. Se escolhermos esse caminho, não cresceremos na castidade tanto quanto gostaríamos. Nossas ações impuras impedirão o crescimento que desejamos. Escolher a integridade é difícil.

Se você quer ser casto, encorajo-o a perseguir esse objetivo com toda a capacidade de decisão, vitalidade e virilidade que possuí. Esforce-se para ser um homem ou uma mulher de integridade. Deixe suas ações, palavras, roupas e vidas inteiras, deixe refletirem seu desejo pela pureza. Sim, esta decisão pode ser difícil às vezes. Pode envolver recusar-se a assistir a um filme que não reflita a pureza. Pode envolver graciosamente afastar-se de conversas - ou mudar o tópico - quando o conteúdo não leva ao amor puro. Pode envolver se afastar de amizades ou relacionamentos impuros. Pode envolver desligar uma música ou fechar um livro. Com toda a dificuldade que suas escolhas podem envolver, quero assegurar-lhe que para viver uma vida pura vale a pena tudo. Quando as decisões da sua vida se conectarem com o seu desejo de castidade, você não mais se segurará, mas estará verdadeiramente livre para crescer. 

A duplicidade é um prisão. 

Isso vale tanto para àqueles que desejam uma vida casta mas agem e se mostram como se não  a quisessem, mas também para àqueles que se mostram de uma forma casta mas não estão vivendo-a de fato. Vale, portanto para os que estão "no muro" , no morno e como já devem saber, o muro pertence a Satanás.

Lembrando que somos um projeto que deve se deixar ser trabalhado e esse trabalho só finda na morte.

Paz e Bem!

Ana

Inspirado no texto: Chastity vs. Duplicity escrito por AnneMarie Miller formou-se em Inglês e Teologia na Universidade Franciscana de Steubenville para o Chastity Project. 



You May Also Like

1 comentários

FOLLOW ME @INSTAGRAM