COMO PROGREDIR NA VIDA DE ORAÇÃO

by - junho 08, 2017


Aconselho-te a oração mental e cordial e particularmente sobre a Vida e a Paixão de Nosso Salvador. Se frequentemente a contemplas na meditação, encherá a tua alma, aprenderás a Sua modéstia e modelarás as tuas ações pelo modelo das Suas. Ele é a Luz do mundo e n’Ele, por Ele e para Ele devemos ser instruídos e iluminados. 
S. Francisco de Sales, Introdução à Vida Devota.

Peço a todos que me ouvis que, ao sairdes daqui, não vos mostrais desinteressados pela luz do coração. Procurai, na sequência das horas, melhorar em todos os sentidos e anular o mal que ainda existe em cada um de nós, como princípio de ajuda ao Bem que deseja entrar em nossos corações. 
São Francisco de Assis

“O cristão rezará em todo lugar, no passeio, na conversa, nas refeições, na leitura, em toda obra razoável, de toda maneira”.
São Clemente de Alexandria

“Se quereis progredir no amor de Deus , meditai todos os dias a Paixão do Senhor. Nada contribui tanto para a santidade das pessoas como a Paixão de Cristo”.
São Boaventura 

São muitas as formas de meditação usadas pelos santos e ensinadas pelos mesmos, mas em todos percebemos uma inclinação e decisão em meditar a Vida e Paixão do Senhor.

A oração pode ser subdividida em três formas principais: vocal, mental e contemplativa.




Vale lembrar que é muito superficial acreditar que uma é superior a outra, em todos os momentos. Existem momentos para cada oração, assim como existem alimentos mais adequados para uma idade ou estado do corpo.

Portanto, a oração vocal é adequada para o inicio da vida de oração, como as crianças, mas também para momentos de pouca concentração, momentos de aridez ou ainda para manter em nós uma prática de sermos como crianças diante de Deus. Dentro dessa forma de oração esta o Santo Rosário, as novenas, as diversas orações e devoções especificas.

A meditação por sua vez é uma oração mental, que é muito incentivada pelos santos, pois, nos leva a manter a oração em tudo que se faz e também possibilita uma interiorização maior, como um retiro em meio ao cotidiano. Nesta forma de oração esta, também, o Santo Rosário - que medita os mistérios da vida de Jesus - as leituras espirituais seguidas de uma silêncio para interiorizar o trecho que se leu, a meditação de algum acontecimento da Vida de Jesus e de Sua Paixão, ou ainda sobre alguma virtude. 

E, por fim, a contemplação. Santa Tereza de Jesus nos explica que a contemplação é receber águas sem fazer esforço, portanto é uma graça. Todas as formas anteriores, necessitam de uma certa determinação da alma em fazer chegar a si a água que vem do coração de Deus. Também vemos que Santo Inácio de Loyola chama de contemplação a imaginação de uma cena Bíblica, ou seja, ao imaginar a cena dos Evangelhos a alma se vê a contemplar o que aconteceu . O santo também orienta que se aguarde a ação do Espirito Santo diante da cena contemplada.

Vale lembrar que ambas são contemplações mas a primeira é ofertada por Deus, como que um presente desvelado e a segunda é buscada nas cenas Bíblicas e depois é desvelado. 

No entanto, é prudente não trilhar o caminho da oração sem respaldo, principalmente dos santos, é frequente pessoas que relatam visões e deslumbres, mas devemos nos atentar aos enganos que podemos cair. 

Por essa razão os santos são claros em nos apontar a meditação da Vida e Paixão do Senhor, pois dessa fonte nenhum engano sairá.

Para te ajudar a meditar a Paixão do Senhor, até mesmo durante a meditação do Santo Terço ou da Via Sacra, seguem as Leituras Espirituais Meditativas abaixo:


Inscreva-se no canal aqui




Inscreva-se no canal aqui



Inscreva-se no canal aqui


Enchi-me de zelo pela Minha Mãe Imaculada e Ela me livrou de todas as tribulações!

Paz e Bem!
Ana Paula Barros
Inscreva-se no canal aqui


You May Also Like

0 comentários

FOLLOW ME @INSTAGRAM