Cronograma da Total Consagração à Santíssima Virgem Maria: Dezembro 2019

by - abril 06, 2019


Cronograma da Total Consagração à Santíssima Virgem Maria: Dezembro 2019


Salve Maria Puríssima!

Sabendo que muitos desejam se consagrar e que precisam de cronogramas detalhados para a etapa de preparação e exercícios espirituais, iniciei o trabalho de fazer cronogramas para as datas marianas de cada mês.

Portanto, não deixe de se consagrar ou renovar a sua consagração seguindo o cronograma passo a passo. Não deixe de acessar os links sugeridos, toda formação que receber é válida para uma consagração madura.

Agora segue as orientações para quem deseja se consagrar:

Atenção: QUEM NÃO PODE SE CONSAGRAR: amasiados, pessoas em namoros imorais, homossexuais que não rejeitaram suas más inclinações,  pessoas com vida sexual desregrada, pessoas que não estão em estado de graça (ou seja estão vivendo vidas que não permitem a comunhão), aqueles que defendem o aborto, o comunismo, as mulheres que fazem uso de anticoncepcionais ou métodos contraceptivos, que frequentam a maçonaria, espiritismo, candomblé ou qualquer outra seita. Ou seja, qualquer pessoa que esteja em pecado mortal e não tem a intenção de deixar essa situação, aqueles que querem se dedicar a fazer a vontade já expressa de Deus, devem se determinar a sair dessa situação de vida, buscar um sacerdote, pois Deus não recusa o perdão e acolhimento a quem deseja amá-lo e se emendar com determinação. "Quem me ama segue os meus mandamentos" (Jo 14, 21)


O que é pecado mortal? O pecado mortal é cometido quando, ao mesmo tempo, há matéria grave, plena consciência e deliberado consentimento. Este pecado destrói a caridade, priva-nos da graça santificante e conduz-nos à morte eterna do inferno, se dele não nos arrependermos.


1- Cronograma de Estudo do Tratado da Verdadeira Devoção


a) O cronograma é embasado em duas horas semanais de dedicação, 

b) Para realizá-lo é preciso ter em mãos o Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, é obrigatório!

c) Para cada capítulo você encontrará uma áudio-aula e um texto de apoio, que não devem ser negligenciados, visto que estudar o Tratado é de fundamental importância para o entendimento do que é a Consagração,


2- Cronograma de Exercícios Espirituais Preparatórios


a) Para se consagrar é preciso fazer 30 dias de Exercícios Espirituais, para isso você deverá usar as orações orientadas por São Luís de Montfort no fim do Tratado.

b) Para melhor vivência desse período, você deverá escutar os áudios com temas de reflexão para cada dia, tornando assim esse tempo mais fecundo e profundo.

Então, segue o seu cronograma e que você tenha uma determinada determinação de não retroceder:

Para melhor aproveitamento leia o capítulo do dia no Tratado e depois as áudio-aulas ou texto de apoio (você pode optar por um ou outro meio de aprofundamento, como for melhor). Você pode realizar esse aprofundamento durante a semana, mas aconselho não deixar muito tempo entre a leitura do capítulo e o aprofundamento, pois nossa memória é sempre muito fraca e nossa carne também, de modo que você pode afrouxar a formação.

Dia da Consagração: você deve realizar uma Confissão Geral Comunhão e Recitar a fórmula da Total Consagração (que está no fim do Tratado) em frente a uma imagem da Santa Virgem, não é obrigatória a presença do padre ou após a Comunhão, dentro do Rito da Santa Missa, se padre autorizar.

Qualquer dúvida, após o estudo do material linkado, estou a disposição!

Para esclarecimento sobre as dúvidas mais comuns: Brevíssimo Catecismo da Total Consagração à Jesus por Maria. 


CRONOGRAMA DEZEMBRODE 2019

08 - IMACULADA CONCEIÇÃO
12 - NOSSA SENHORA DE GUADALUPE

Imaculada Conceição

Imaculada Conceição refere-se a um dogma através do qual a Igreja declarou que a concepção da Virgem Maria foi sem a mancha (mácula em latim) do pecado original. Desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada do pecado pela graça de  Deus. Ela sempre foi cheia da graça divina. O dogma declara também que a vida da Virgem Maria transcorreu completamente livre de pecado.
Desde os tempos da Igreja primitiva, os fiéis sempre acreditaram que Maria, a Mãe de Jesus, nasceu sem o pecado original. Tanto no Oriente como no Ocidente, há grande devoção à Maria enquanto mãe de Jesus e Virgem sem Pecados. No começo do cristianismo o dogma da Imaculada Conceição já era tida como uma verdade de fé para os fiéis.

Bíblia e tradição

O dogma que declara a Imaculada Conceição da Virgem Maria é fundamentado na Bíblia: Maria recebeu uma saudação celestial do Anjo Gabriel quando este veio anunciar que ela seria a Mãe do Salvador. Nessa ocasião, o Anjo Gabriel saudou como cheia de graça.
Foi o papa Pio IX, o papa que proclamou o dogma da Imaculada Conceição, recorreu principalmente à afirmação de Gênesis (3, 15), onde Deus diz: Eu Porei inimizade entre ti e a mulher, entre sua descendência e a dela, assim, segundo esta profecia, seria necessário uma mulher sem pecado, para dar à luz o Cristo, que reconciliaria o homem com Deus.
O verso Tu és toda formosa, meu amor, não há mancha em ti, no Cântico dos Cânticos (4,7) também é uma referência para defender a Imaculada Conceição. Outras passagens bíblicas referentes são: Também farão uma arca de madeira incorruptível (Êxodo 25, 10-11). Pode o puro (Jesus) vir de um ser impuro? Jamais! (Jó 14, 4). Assim, fiz uma arca de madeira incorruptível... (Deuteronômio 10, 3). Maria é considerada a Arca da Nova Aliança (Apocalipse 11, 19) e, portanto, a Nova Arca seria igualmente incorruptível ou imaculada.
Também existem os escritos dos Padres da Igreja, como Irineu de Lyon e Ambrósio de Milão. São Tomás de Aquino, por volta de 1252, declarou abertamente que a Virgem foi, pela graça, imunizada contra o pecado original, defendendo claramente o dogma do privilégio mariano, que seria declarado e definido séculos mais tarde.

Definição do dogma de Imaculada Conceição

O dia da festa da Imaculada Conceição foi definido em 1476 pelo Papa Sisto IV. A existência da festa era um forte indício da crença da Igreja na Imaculada Conceição, mesmo antes da definição do dogma no século XIX.
No dia 8 de dezembro de 1854, dia da festa, o Papa Pio IX, com a Bula intitulada Deus Inefável (Ineffabilis Deus), definiu oficialmente o dogma da Santa e Imaculada Concepção de Maria.
Assim está escrito na bula (documento papal) intitulada Ineffabilis Deus que o Papa Pio X proclamou: Em honra da Trindade (...) declaramos a doutrina que afirma que a Virgem Maria, desde a sua concepção, pela graça de Deus todo poderoso, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Salvador do homem, foi preservada imune da mancha do pecado original. Essa verdade foi-nos revelada por Deus e, portanto, deve ser solidamente crida pelos fiéis.

Maria confirma o dogma

Santa Bernadete Soubirous (1844-1879), a jovem que viu Nossa Senhora em Lourdes, disse que Nossa Senhora se auto definiu dizendo assim: Eu sou a Imaculada Conceição. Isso aconteceu em 1858, apenas quatro anos após a definição do dogma.
Todos os estudiosos consideram quase impossível que uma adolescente como era Bernadete, vivendo num lugarejo insignificante como era Lourdes, soubesse da proclamação do dogma e muito menos o seu significado. Por isso, as aparições de Nossa Senhora em Lourdes são consideradas como uma confirmação celstial do dogma da Imaculada conceição. Esta é uma das três aparições de Nossa Senhora consideradas verdadeiras pela Igreja Católica.

Imaculada Conceição, Mãe sem manchas

Por isso, nós podemos recorrer a Maria com toda a confiança justamente porque ela é Imaculada, sem mancha, sem pecado, sem impurezas. Ela é cheia, plena, repleta da graça de Deus e, por isso, pode ouvir nossos pedidos e súplicas e apresentá-los ao Pai, diante de quem ela está no céu. Nossa mãe celestial é pura, santa, sem pecado e nos ama com um amor puro, santo e divino. Assim, com esta confiança, recorramos a ela sempre, pois ela intercede por nós.

Oração a Imaculada Conceição

Virgem Santíssima, que fostes concebida sem o pecado original e por isto merecestes o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e por terdes evitado todos os outros pecados, o Anjo Gabriel vos saudou com as belas palavras: Ave Maria, cheia de graça; nós vos pedimos que nos alcanceis do vosso divino Filho o auxílio necessário para vencermos as tentações e evitarmos os pecados e, já que vós chamamos de Mãe, atendei-nos com carinho maternal e ajudai-nos a viver como dignos filhos vossos. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós.

Nossa Senhora de Guadalupe



Nossa Senhora de Guadalupe apareceu pela primeira vez ao índio asteca Juan Diego. Na língua asteca, o nome Guadalupe significa, Perfeitíssima Virgem que esmaga a deusa de pedra. Os Astecas adoravam a deusa Quetzalcoltl, uma monstruosa deusa, a quem eram oferecidas vidas humanas em holocausto.
Nossa Senhora de Guadalupe, porém, veio para acabar com essa idolatria e mudar a vida daquele povo sofrido. No ano de 1539, mais de 8 milhões de Astecas tinham abraçado a fé católica, convertendo-se e acabando com a idolatria pagã. No México e em todo o mundo, Nossa Senhora de Guadalupe é muito venerada.

A aparição de Nossa Senhora de Guadalupe

Estava o índio Juan Diego no campo. Ele sofria por causa da grava enfermidade de seu tio a quem muito amava. Juan rezava por seu tio quando teve a visão de uma mulher com seu manto todo reluzente. Ela o chamou por seu nome e disse em nauátle, a língua asteca: Juan Diego, não deixe o seu coração perturbado. Eu não estou aqui? Não temas esta enfermidade ou angústia. Eu não sou sua Mãe? Você não esta sob minha proteção?
A Senhora pediu, então, que o índio fosse revelar sua mensagem ao Bispo local. A mensagem de que Ela iria acabar com a serpente de pedra, e que o povo do México iria parar com os holocaustos e se converter a Jesus Cristo. Além disso, deveria ser construída uma Igreja no local das aparições.

O Milagre de Nossa Senhora de Guadalupe

O Bispo não acreditou no índio, mas ordenou que ele pedisse um sinal à Senhora para provar a veracidade da história. Quando Juan Diego voltou para o campo, Nossa Senhora de Guadalupe apareceu novamente a ele. Este lhe contou sobre a desconfiança do Bispo, porque Maria tinha pedido que fosse construída também uma grande igreja naquele local.
Maria sorrindo, pediu a Juan Diego que subisse ao monte e enchesse seu poncho com flores. Era inverno. A neve recobria os campos. Naquela época, não nasciam flores naquela região do México. Juan Diego sabia disso. Porém, mesmo assim obedeceu. Chegando ao alto do monte em meio à neve, ele achou uma grande quantidade de flores cheias de grande beleza. Ele apanhou muitas flores, encheu seu poncho e foi levá-las ao Bispo.

O Segundo Milagre

Com dificuldade Juan Diego foi recebido pelo Bispo. Ele tinha seu poncho ou sua Tilma, dobrado cheio de rosas. Então, ele abriu a tilma e as flores caíram no chão. Quando o Bispo viu, ainda não acreditou. Então, para espanto de todos os que estavam na sala, no poncho do índio estava estampada a bela imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, como o índio tinha revelado ao Bispo. Todos na sala acreditaram, inclusive o bispo. Desse momento em diante, tudo mudou.
O fato causou grande comoção em todo o povo mexicano. Logo foi construída uma grande Igreja no local indicado por Nossa Senhora e o poncho de Juan Diego com a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe impressa foi levado para ser venerado. Guadalupe se tornou o grande Santuário do México, e a devoção a Nossa Senhora de Guadalupe se estendeu por toda América Latina. Em 1979, o Papa João Paulo II consagrou Nossa Senhora de Guadalupe, como Padroeira da América Latina.

Estudos sobre o poncho

Estudos realizados sobre o poncho do índio Juan Diego, revelam que a pintura não foi feita por materiais existentes na natureza e nem fabricados pelo homem. Nos olhos de Maria, dentro da Iris e da pupila, vê-se a cena em que o índio abre sua tilma na sala do bispo, com todas as pessoas presentes na sala conforme foi descrito em documentos posteriores. Tem uma família de um lado, o índio e o Bispo do outro. O olho reflete a luz como o olho humano.
Em janeiro de 2001, o engenheiro peruano, José Aste Tonsmman, revelou o resultado da pesquisa de 20 anos, com a ajuda da NASA. Os olhos da imagem ampliados 2,500 vezes, mostram umas 13 pessoas, crianças, mulheres, o Bispo e o próprio índio Juan Diego, no momento da entrega do poncho ao Bispo.
Richard Kuhn, prêmio Nobel de química, descobriu que a imagem não tem corantes e que após 470 anos continuam com seu brilho. O pano do poncho não dura mais do que 20 anos e começa a se desfazer, o que não acontece com o poncho do milagre, que já dura quase 500 anos. Concluíram que o que forma a imagem de Nossa Senhora não é pintura. A fibra do ayate, cacto, são suportaria as tintas da época. Além disso, não existe esboço ou marca de pincel.

Milagres de Nossa Senhora de Guadalupe

Grandes milagres aconteceram ao longo dos quinhentos anos de história da aparição de Nossa Senhora de Guadalupe. O povo sofrido do México teve sua esperança renovada com esta visita e permanência de Nossa Senhora em suas terras.

Imagem de Nossa Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora, em um ato de delicadeza, apareceu como uma índia, morena, vestida como uma índia grávida. Em sua roupa está retratado o céu com a posição das estrelas do dia em que ela apareceu. Os astecas sabiam reconhecer estes sinais e isso foi decisivo para que a conversão daqueles povos acontecesse em massa.

Oração a Nossa Senhora de Guadalupe

Perfeita, sempre Virgem Santa Maria, Mãe do verdadeiro Deus, por quem se vive. Mãe das Américas! Tu que na verdade és nossa mãe compassiva, te buscamos e te clamamos. Escuta com piedade nosso pranto, nossas tristezas. Cura nossas penas, nossas misérias e dores. Tu que és nossa doce e amorosa Mãe, acolhe-nos no aconchego de teu manto, no carinho de teus braços. Que nada nos aflige nem perturbe nosso coração. Mostra-nos e manifesta-nos a teu amado filho, para que Nele e com Ele encontremos nossa salvação e a salvação do mundo. Santíssima Virgem Maria de Guadalupe, faz-nos mensageiros teus, mensageiros da vontade e da palavra de Deus. Amem. 




Cronograma de Formação para a Total Consagração à Jesus por Maria

(clique em cima de "aula" para ter acesso ao material)

Imaculada Conceição, rogai por nós.
Nossa Senhora de Guadalupe, rogai por nós.

O cronograma deve ser seguido para um formação decente e clara. 

Apostila de apoio para a formação: Eis os Escravos do Senhor (introdução e apontamentos de cada Capítulo do Tratado, baixe gratuitamente)

05 de outubro - A Grande Batalha: Eis os Escravos do Senhor 
06 de outubro - Cap 1 (aula)
12 de outubro - Cap 2 (aula)
19 de outubro - Cap 3 (aula)
20 de outubro - Cap 4 (aula)
26 de outubro - Cap 5 (aula
27 de outubro -  Cap 6 (aula)
02 de novembro - Cap 7 (aula)
03 de novembro- Cap 8 (aula)

- Tempo restante para esclarecimento de dúvidas, após ver toda a formação pelo face ou insta.

Exercícios Espirituais Preparatórios para a Total Consagração à Jesus por Maria 


 09 de novembro à 08 de dezembro/ 12 de dezembro



12 Dias Preliminares

(clique em cima do tema de cada dia para ter acesso ao material)


Primeira Semana


Segunda Semana


Terceira Semana


Consagração

08 de Dezembro
Imaculada Conceição


12 de Dezembro


Nossa Senhora de Guadalupe

Me deixe saber que você se consagrou, envie para 

  face ou insta.


Dúvidas mais frequentes

Preciso receber um sinal sobre qual título Nossa Senhora deseja que me consagre?

Nossa Senhora é a mesma, seja qual título esteja sendo celebrado naquela data mariana, esta consagração é uma entrega Total a Virgem Maria, escolhemos uma data mariana para melhor honrá-la entregando tudo a Ela naquele dia que a Igreja lhe dedica honra.
Portanto, não é preciso aguardar um sinal, tendo a Igreja manifestado os dias de festividade marianas e a mesma ensinando que todas honram a Virgem Mãe de Deus. 


Preciso de um padre no dia da consagração?
Não, esta consagração é uma consagração pessoal, bastando a recitação da fórmula da consagração (que esta no fim do Tratado) diante de uma imagem da Santa Virgem após ter confessado e comungado, ou seja, estando em estado de graça.
No entanto, é muito bom para a propagação da consagração que se faça a mesma recitação após a comunhão, como ação de graças, durante o rito da Santa Missa, com a presença do padre, se ele assim permitir.


Como devo me vestir no dia da consagração?
Com modéstia, não somente no dia da consagração mas em todos os dias, mesmo não sendo consagrado, pois é uma virtude cristã. Portanto, as moças, meninas e mulheres devem se atentar a se parecer ao máximo com a Santa Virgem, preferindo o uso de saias e véu (o último não é obrigatório), sem decotes, transparências, roupas justas. Os homens, meninos e rapazes de forma honrada e modesta. Basicamente, devem se vestir com simplicidade, no entanto, com modéstia e pudor que um filho e filha de Deus devem se portar. 


Para esclarecimento sobre outras dúvidas mais comuns: Brevíssimo Catecismo da Total Consagração à Jesus por Maria. 

Não deixe de se consagrar!


Se quiser saber sobre a minha experiência com a Consagração clique aqui e aqui.

Fonte das histórias: Cruz Terra Santa

You May Also Like

2 comentários

  1. Perguntas:
    1. Podemos rezar por intenção de algo? Por um pessoa que, por exemplo, esta em depressão?
    2. Precisamos sempre entregar nossas boas e má ações durante o dia? Exemplo, ao acordar entregar essas boas ações?
    3. Ainda podemos pedir algo a Jesus? Como faze-lo? Visto que agora depois da consagração somos dependentes de Maria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paz e bem! Suas dúvidas são respondidas na leitura do tratado e nas formações, no entanto, para lhe esclarecer de imediato deve acessar o Brevíssimo Catecismo da Total Consagração, disponível para Download em: https://www.salusincaritate.com/p/downloads.html

      Salve Maria Imaculada!

      Excluir

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.