O QUE TODO CATÓLICO PRECISA SABER SOBRE A MAÇONARIA

by - dezembro 23, 2017


se você acha que maçonaria é fantasia a Santa Virgem discorda de você.
A INIMIGA DA IGREJA QUE ENGANA COM SUA FALSA BELEZA

Dentre os temas não abordados claramente atualmente está a Maçonaria. Sabemos que existem maçons em diversos grupos religiosos, pois, uma de suas afirmações é que a maçonaria não pertence a um grupo religioso específico. Assim é bem fácil encontrar maçons em diversas vertentes religiosas. Acontece que para os católicos a maçonaria sempre foi proibida por ser uma prática intrinsecamente má, que visa se voltar contra Deus e a Igreja, mesmo se passando por um grupo de caridade e bondade.

Para que você possa ter uma idéia sobre essa seita segue abaixo um estudo sucinto, mas adequado, sobre o assunto. Rezemos para que a verdadeira profetização, que é o ato de tirar as pessoas do erro e orientá-las seja suscitado nos corações.

A maçonaria


A maçonaria é uma sociedade secreta, isso é o suficiente para tornar a associação ilegal para os católicos ("deixai as obras das trevas e revesti-vos das armas da luz", "vós sois filhos da luz"). Além disso, recebeu inúmeras condenações papais, começando com a constituição de Clemente XII, em 1738, onde foi declarado que certas associações chamadas Maçonarias, e outros nomes, faziam profissão apenas de uma religião natural, independentemente de qualquer credo; que seus objetos e procedimentos eram completamente secretos, que mantinham um sigilo juramentado; que, na opinião dos juízes competentes, muitos membros de tais sociedades foram desacreditados, tidos como sem princípios; e que vários governos civis já os suprimiram como um perigo público. (Definição de Catholic Dictionary, 1951)

Ensino da Igreja sobre maçonaria


O primeiro aviso do perigo foi dado por Clemente XII no ano de 1738 e sua constituição foi confirmada e renovada por Bento XIV. Pio VII seguiu o mesmo caminho; e Leão XII, em sua constituição apostólica, Quo Graviora, juntou os atos e decretos dos antigos Pontífices sobre este assunto, ratificou-os e confirmou para sempre. No mesmo sentido, falou Pio VIII, Gregório XVI e, muitas vezes foi abordado na Enciclopédia de Pio IX sobre a Maçonaria pelo Papa Leão XIII, 1884.

"No entanto, neste período, os partidários do mal parecem se combinar e estar lutando com uma veemência unida, liderada ou assistida por aquela associação fortemente organizada e difundida chamada maçonaria. Já não fazem nenhum segredo de seus propósitos, eles agora estão corajosamente se levantando contra o próprio Deus. Eles estão planejando a destruição da Santa Igreja de forma pública e aberta, e isso com o propósito comum de despojar completamente as nações da cristandade, se fosse possível, das bênçãos obtidas para nós através de Jesus Cristo, Nosso Salvador". Encíclica Sobre Maçonaria pelo Papa Leão XIII, 1884

"Se outras provas estivessem faltando, esse fato seria suficientemente divulgado pelo testemunho de homens bem informados, dos quais outros em outros tempos, e outros recentemente, declararam que é verdade para os maçons que eles especialmente desejam atacar a Igreja com hostilidade irreconciliável, e que nunca descansarão até que tenham destruído o que os supremos pontífices estabeleceram por causa da religião ". Encíclica Sobre Maçonaria pelo Papa Leão XIII, 1884

"Há também um grande perigo que ameaça a unidade por parte dessa associação, que é chamada de maçons, cuja influência fatal durante muito tempo oprime as nações católicas em particular" Encíclica Sobre a Reunião da Cristandade pelo Papa Leão XIII, 1894

"Tendo em conta estas várias razões, os católicos desde 1738 são, sob pena de excomunhão, incorridos ipso facto, estritamente proibidos de entrar ou promover de qualquer maneira sociedades maçônicas. A lei agora vigente [214] pronuncia a excomunhão sobre "aqueles que entram em maçônicas ou carbonárias ou outras seitas do mesmo tipo, que, abertamente ou secretamente, englobam contra a Igreja ou autoridade legal e aqueles que, de qualquer forma, favorecem essas seitas ou não denunciam seus líderes e membros principais". 1917, Católica Enciclopédia, Maçonaria

Para que você entenda qual a papel dessa inimiga irreconciliável da Igreja, assista a formação abaixo e descubra o que a própria Santa Virgem nos orienta em relação a maçonaria e comunismo, que Ela chama de soldados do demônio que desejam corromper as almas resgatadas pelo Sangue de Seu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo. Para isso Ela explica o Apocalipse.




Resumo


O ensino da Igreja é claro; nenhum católico pode ser um membro ou mesmo tolerar a adesão em qualquer sociedade maçônica.

Observação:
- ipso facto: em decorrência do próprio fato

You May Also Like

1 comentários

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.