Mudanças| Jesus ou Barrabás?

by - janeiro 16, 2016


Na noite de ontem, um pensamento me veio a mente com muita força.

Ontem foi sexta feira, dia de meditar na Paixão do Senhor, seja com o Santo Terço, seja numa reflexão sobre os episódios da Paixão do Senhor, é dia de jejum. Pois bem, em meio a essas práticas me veio esse pensamento "muitos no dia de hoje escolherão Barrabás e ferirão novamente o coração de Jesus". 



Sabe? Muitos acham que depois de um "encontro com Jesus" (que na verdade, é a "conversão" falada por São Bento e Santa Gertrudes de Helfta, por exemplo, que pode ocorrer com alguém que esta dentro da igreja à anos, inclusive), tudo vai mudar, a vida será rosa ou azul, não haverá nada que lembre a vida passada. É estranho pois a maioria sabe que isso não existe mas, no fundo, guarda essa esperança, esse resquício de vontade própria, essa tendência a receber uma "boa paga" por ser uma boa menina ou um bom menino.

Acontece que, como você já sabe, isso não acontece. Inversamente a isso, surgem situações para que possamos ter a oportunidade de confirmar a escolha já feita. 

Se você possuía um vício, situações em relação a ele surgirão e será uma oportunidade de escolher novamente entre Barrabás e Jesus. Se possuía tendência a se relacionar com um tipo de pessoa, essas pessoas novamente surgirão, pessoas com o mesmo perfil e você terá que escolher entre Barrabás e Jesus. E isso a toda atitude que tenha relação com o "homem velho".

A verdade, é que a conversão inicial é a porta para outras tantas conversões. Não se iluda, "vigiai e orai", se escolheu uma vez, terá que escolher muitas outras e vencer o inimigo pelo cansaço. 

A constância na escolha tomada é o principal, não adianta achar que escolher por Jesus é só chamá-lo de "Senhor, Senhor", NÃO, é escolher o Senhor nas decisões da vida. 

Se isso for levado em conta, a vida, cada dia da semana se tornará um palco para o encontro com Deus. É preciso parar com essa mentalidade que o encontro com Deus, é mágico (pois muita gente ainda acha isso, no fundo), que tudo vai mudar para o oposto do que é atualmente. O que acontece é uma transfiguração. 

Na transfiguração do Senhor, os discípulos viram o Senhor como Ele é, no esplendor de Sua Realeza. Na vida essa transfiguração acontece quando passamos a ver as coisas mais banais e até mesmo, aparentemente ruins com olhos espirituais. 

Essa é a mudança, que se baseia na constância de escolher Jesus e não Barrabás. 

E aí, por quem você vem escolhendo nas oportunidades de mostrar constância que aparecem em sua vida?

Não adianta esperar mudanças se as atitudes são ainda ligadas ao homem velho. Quem quer ser novo deve se abrir ao novo e escolher o novo.

Paz e Bem!

 

You May Also Like

0 comentários

FOLLOW ME @INSTAGRAM