As facetas do diamante

by - novembro 27, 2015


Ultimamente ando pensando muito em diamantes, sabe? Não, não para tê-los rs. 

Os diamantes são multifacetados, sempre fico pensando nesse aspecto...as facetas do diamante.

Pensa comigo, o diamante é bonito, porque é multifacetado...um diamante liso é bem estranho, meio sem brilho.

Mas deixe-me chegar ao ponto...

Todos somos multifacetados, mesmo que não seja a nossa intenção, temos diversas facetas e isso não é ruim, aliás o ruim é escondê-las.

Se assim fizéssemos, seriamos como um diamante sem facetas, sem o brilho. 

Mas quantas vezes caímos nesse momento em que mostramos algumas, ou uma, faceta de nós mesmos? Quantas vezes não deixamos que vejam quem somos?


É bem comum que façamos uma seleção de quais facetas são adequadas a atual situação da vida, qual faceta é melhor mostrar em determinado grupo, qual faceta ... enfim, fazemos uma auto lapidação de nós mesmos, sendo guiados pelo que no momento se mostra conveniente.

Mas será mesmo que tais lapidações não geram perdas importantes? Será que um diamante pode se auto lapidar?
E será que, no fim, haverá uma sensação de completude, de melhoramento, de evolução, de identidade expressa?

Pergunto isso, porque a lapidação tem a finalidade de mostrar, mesmo após duros golpes e retiradas, a verdadeira natureza daquela pedra, toda a sua beleza. Uma completude que nasce da retirada, da limpeza.

Mas o que fazemos conosco, dificilmente tem esse fim, o diamante não pode se auto lapidar porque não tem todos os ângulos de visão. Assim, todas as vezes que escolhemos o que vamos mostrar, selecionamos, achando que é melhor esconder tais e tais facetas, estamos não só tirando a beleza do diamante que somos, mas também nos auto mutilando, o que pode fazer com que nos percamos de nós mesmos.



Portanto, as lapidação são necessárias mas devem ser feitas pelo único profissional capacitado, Aquele que nos criou e da nossa parte devemos pedir a coragem de mostrar nossas facetas a todos. Inclusive o nosso estilo de vida, cristão.

Sabe? Ser cristão católico é um estilo de vida, que não deve ser ocultado, afinal ele faz parte de todas as facetas no nosso ser.

Então, que possamos não nos esquecer de quem somos e deixar com que vejam a luz de Deus brilhando e se refletindo nas facetas do diamante que somos. 

Pensemos nisso...estamos escondendo quem somos e impedindo que Deus brilhe em nós?

Paz e bem!



You May Also Like

0 comentários

Olá, Paz e Bem! Que bom tê-lo por aqui! Agradeço por deixar sua partilha.