Santo Terço #2| Origem do Santo Terço e Ave Maria uma Oração Evangélica

by - junho 26, 2015







Sobre a origem do terço temos relatos graduais, que a um ponto se fundem dando origem ao formato do Rosário da forma como o conhecemos.

A Liturgia das Horas, que é a recitação dos 150 salmos, sempre foi a oração oficial da Igreja (desde de IX). A recitação era feita pelos monges e acompanhada pelo povo, mas muitos não sabiam ler e obviamente não conseguiam memorizar os salmos, nesse ponto um monge teve a idéia de iniciar a recitação de 150 Pai- Nossos para substituir a oração dos salmos, afinal todos sabiam orar o Pai Nosso desde de pequenos. 

Depois foi introduzido a Saudação Angélica do Arcanjo Gabriel e a Saudação de Santa Isabel. Que é o inicio da Ave-Maria. Portanto, a Ave Maria é uma oração evangélica e expressa o inicio da ação de Deus para a nossa redenção. 

O fato que mais mostrou a efetividade e função do Santo Terço (ainda na forma mais simples) ocorreu em 1214 na França. Esta região estava sendo alvo da ação de um grupo herege chamado Cátaros, mais propriamente um grupo denominado Albigenses, pois eram pessoas da região de Albi. 

Porque eram hereges? Eles pregavam que existiam dois deuses, o Bom que seria o descrito no Novo Testamento e o Mau que criou toda a matéria e o mundo, assim segundo eles Satanás teria criado o mundo e o corpo humano, sendo ambos portanto maus. O que obviamente não é o que a Igreja Católica prega (aliás boa parte das religiões monoteístas, que possuem como patriarcas os judeus), afinal é uma mentira. Além disso, também diziam que os humanos seriam anjos aprisionados em um corpo físico e que precisavam ser libertos, assim atos como suicídio e torturas corporais eram bem comuns nesse grupo (e eles também acreditavam que se matassem alguém a estavam libertando). 

Você deve imaginar como a Igreja se mexeu para acabar com esse movimento que não só espalhava essa mentira mas também eram brutais e violentos com os que não seguiam sua visão. E era isso que estava acontecendo na França, até que se iniciou uma guerra entre católicos e albigenses (histórica- mente tudo que vai afetar o mundo sempre dá seu primeiro passo na França e com as heresias não foi diferente). Mas estava tenso a situação e a heresia continuava. Era preciso vence-lá espiritualmente já que era influenciada pelo próprio inimigo.

Então acontece um dos fatos mais interessantes da historia da Igreja, São Domingos entrou numa floresta e lá passou em jejum 3 dias e noites, numa penitência forte, clamando a Deus que se movesse por amor ao Seu Santo Nome e Glória. 

Nesse momento quase semi morto de tanto pelejar e clamar, Maria lhe aparece.

Aqui desejo parar para catequizar, novamente, Maria esta ressuscitada e foi assunta ao céu.

Biblicamente:

"E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça."

Apocalipse 12:1


Continuando...com relato abaixo:

"A Santíssima Virgem, que estava acompanhada de três princesas do Céu, lhe disse: ‘Sabes tu, meu caro Domingos, de que arma a Santíssima Trindade se serviu para reformar o mundo?' - ‘Ó Senhora! respondeu ele, Vós o sabeis melhor do que eu, porque depois de vosso Filho Jesus Cristo fostes o principal instrumento de nossa salvação'. Ela continuou: ‘O instrumento principal dessa obra foi o Saltério angélico, que é o fundamento do Novo Testamento. Portanto, se queres ganhar para Deus esses corações endurecidos, reza meu Saltério'. O Santo levantou-se muito consolado e, abrasado de zelo pelo bem desses povos, entrou na catedral. No mesmo momento os sinos tocaram, pela intervenção dos Anjos, para reunir os habitantes. No início da pregação caiu uma espantosa tempestade. A terra tremeu, o sol se nublou, os trovões e relâmpagos redobrados fizeram estremecer e empalidecer todos os ouvintes. Seu terror aumentou ao verem uma imagem da Santíssima Virgem, exposta num lugar eminente, levantar três vezes os braços para o céu, para pedir ao Senhor vingança contra eles se não se convertessem e não recorressem à proteção da santa Mãe de Deus.

O Céu queria, por esses prodígios, estimular a nova devoção do santo Rosário e torná-la mais conhecida. A tormenta cessou, por fim, devido às orações de São Domingos. Ele continuou seu sermão e explicou com tanto fervor e entusiasmo a excelência do santo Rosário, que quase todos que haviam caído em erro o adotaram, renunciando a seus erros. Em pouco tempo verificou-se uma grande mudança na vida e nos costumes da cidade."

Alano de la Roche
Livro da Dignidade do Saltério

Com base nesse relato podemos notar que o Saltério- Rosário- já existia antes de São Domingos o utilizar.

Em meados de 1365, o monge Cartuxo Henrique de Halkar separou as 150 saudações angélicas (a primeira parte da Ave Maria) em dezenas, intercalando entre cada dezena um Pai-Nosso.

E Frei Alan de Rupe, frade dominicano, em 1470, foi inspirado a unir um pensamento (uma intenção) a recita de cada Ave-Maria.

Por fim, no século XV temos a formulação do terço como o conhecemos com a meditação de um Mistério da vida de Jesus a recitação de cada dezena do terço.

Reflexão

Nesse momento, podemos ver uma questão interessante. No século XVI, ocorre a rebelião protestante. Parece que Deus nos deu a arma antes do combate.

E também notamos uma avalanche de aparições marianas, se notarmos as aparições eram bem esporádicas antes desse episódio com São Domingos,  ocorreram em:

39 - depois de sua Assunção- A São Thiago Apóstolo na Espanha

352- ao papa Libério e a um romano em Roma


1061 - Richeldis de Faverche na Inglaterra


Depois começa uma avalanche e as aparições que tinham séculos entre si, passaram para dois séculos e depois para cinquenta anos e já chegaram a acontecer sequencialmente. E em todas as aparições (70 reconhecidas, nas minhas contas, 71 se contarmos a aparição no Egito aos coptas) ela insiste no oração e diversas vezes na oração e meditação do Rosário. Por que será? Porque ele é um compendio do Evangelho, meditamos na vida de Jesus que é Caminho, Verdade e Vida, porque a Ave Maria é tão Evangélica quanto o Pai Nosso e eu vou te mostrar.

Mãe sempre tem razão e no caso de Maria ela esta insistindo tanto nisso e no nosso comportamento que esta abaixo da dignidade de filhos e filhas de Deus, que é difícil entender a dificuldade da compreensão. 

Voltando...

Com essas aparições tão significativos, pelo próprio fato de Maria nos aparecer ressuscitada como pelas mensagens. A Igreja - que é composta por mim, você e naquela época pelas pessoas e não só pelo Papa e bispos e padres - passaram a acrescentar a Ave Maria (composta pela saudação Evangélica do Anjo e de Santa Isabel) um pedido de intercessão.


E aqui esta o fato da Ave Maria ser uma oração Evangélica, uma afirmação de fé. Na segunda parte da Ave Maria temos:


Santa Maria

Santa porque somente alguém santo pode gestar Deus feito homem. Aqui é muito fácil entender: no antigo testamento ninguém podia tocar na Arca da Aliança, ninguém era digno, puro para tocar na Arca. O que tinha dentro da arca? O maná do deserto e as tábuas da aliança, esses são objetos que possuam em si poder, pois, eram sinais da presença de Deus e haviam sido tocados por Deus (as tábuas foram escritas com o próprio dedo de Deus) e mo maná (pão dos anjos que caiu do céu). Mas você há de concordar comigo, não eram Deus eram sinais de Deus e mesmo assim qualquer um que tocasse na arca era destruído. Porque Deus é ruim? Não!!!! Porque Ele é Santo e não pode mudar a Sua natureza, a Sua santidade destrói a nossa mácula de filhos de Eva. 


Portanto, para poder gestar Jesus, Maria precisou ser criada propriamente para isso. Pensa! Ao fazer a Arca da Aliança, Deus deu orientações exatas e perfeitas, para que fosse feito de forma adequada e digna o sinal da sua presença. Agora imagina como Ele criaria a pessoa que iria gestar seu Filho Amado. Ele a criou de forma digna para receber seu digno Filho. Se o Pai é Santo o Filho também é Santo e para gestar algo santo sem perecer é preciso ser santo.


Já dizia o Arcanjo Gabriel: "Para Deus nada é impossível". E já na conceição de Maria (por isso Imaculada Conceição, ela foi concebida imaculada, limpa para receber Deus feito homem) começa o agir de Deus para a nossa redenção. 


Eva escutou o anjo Lúcifer, Maria escutou o Anjo Gabriel. Eva comeu o fruto desobedecendo a Deus por ganância e o deu a Adão, Maria aceitou o fruto Jesus por obediência e humildade e o deu a humanidade. 


Mãe de Deus



Jesus é Deus! Se Jesus é Deus, Maria é Mãe de Deus! Jesus é a segunda pessoa da Santíssima Trindade, o Verbo que ser fez carne e habitou no meio de nós. 


Assim essa frase é uma afirmação de fé nos Evangelho. Jesus é Deus e se fez carne para nos remir. 


E por fim, vem o pedido de intercessão. Maria e os santos são mediadores de oração, assim como eu e você podemos também interceder pelos nossos irmãos, Jesus é o único mediador da Salvação. No entanto, Deus escuta a oração dos justos e os justos são aqueles que fazem a Vontade de Deus e por isso são santos ( mais um motivo para dizermos Santa Maria). Maria esta diante do Trono do seu Filho em constante intercessão, como nas bodas de Caná, por todos os seus filhos. E segundo Apocalipse 12:


"O dragão irou-se contra a mulher e saiu para guerrear contra o restante da sua descendência, os que obedecem aos mandamentos de Deus e se mantêm fiéis ao testemunho de Jesus."


Se você segue os mandamentos, é testemunha de Jesus e guerreia contra o Dragão, você é filho de Maria, quer goste, quer não. Não sou eu que estou falando, esta na Bíblia, no livro escrito pelo apostolo João, o discípulo amado.












You May Also Like

0 comentários

FOLLOW ME @INSTAGRAM